Einstein- A Sinfonia Inacabada

O documentário, intitulado “A Sinfonia Inacabada Einstein” (Einstein’s Unfinished Symphony) e exibido pelo “The History Channel”.

Primeira Parte ( para ver as outras partes migre para o  youtube)

Anúncios

Anthony Gormley – Corpos Presentes — Still Being

De 12/05/2012 a 15/07/2012

No CCBB- Centro Cultural Banco do Brasil

Aos 61 anos, o premiado escultor inglês ganha sua primeira individual no Brasil. Corpos Presentes — Still Being traz onze esculturas e instalações, cinquenta maquetes, nove gravuras, 25 fotos e seis vídeos divididos nos cinco andares do CCBB. Logo na entrada, o visitante encontra Critical Mass, um grupo de sessenta sólidas figuras de ferro moldadas no corpo do artista que se espalham por todo o prédio em diferentes posições.

Marcante pela grande dimensão, a obra impacta tanto quanto as 24.000 pequenas e precárias reproduções humanas de terracota de Amazonian Field.

No subsolo, é possível desvendar os métodos de Gormley por meio de estudos e rascunhos. O conjunto impressiona pela consistência temática. Cada trabalho busca espelhar o espectador — às vezes de forma mais abstrata, como em Drift III, ou mais concreta, como em Loss — e questioná-lo sobre seu lugar no mundo.

Ainda fazem parte da exibição 31 esculturas de homens nus em tamanho real espalhadas pelo Vale do Anhangabaú. Com peças mais recentes, Gormley é cartaz também em um espaço temporário aberto pela importante galeria inglesa White Cube.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Energia- rumos da política energética brasileira

 

 Rumos da política energética brasileira em destaque em vídeo

Um novo filme pretende ampliar o debate sobre a questão da energia elétrica no Brasil as vésperas da Rio+20, encontro mundial que terá a geração de energia elétrica como um de seus focos e que pode estabelecer novos parâmetros mundiais de sustentabilidade. Trata-se do vídeo lançado pelo Projeto Agora, que procura introduzir novas ideias de forma didática e acessível para o grande público.

 

O vídeo reúne depoimentos de quatro dos mais renomados especialistas em energia e sustentabilidade do País: o ex-ministro e pesquisador da Universidade de São Paulo José Goldemberg; o consultor principal da PSR Consultoria Ltda., Mário Veiga (ambos da Academia Brasileira de Ciências); Adriano Pires, do Centro Brasileiro de Infraestrutura; e Nivalde de Castro, do Grupo de Estudos do Setor Elétrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Os depoimentos destacam o potencial das energias renováveis – em especial a biomassa – para o aumento da oferta de energia elétrica no Brasil. Segundo eles, daqui em diante será preciso produzir cada vez mais energia poluindo cada vez menos o ambiente.

 

Os especialistas são unânimes em afirmar que hoje não existe uma política energética no Brasil. “Temos um problema de planejamento. O governo adotou uma política de preços, uma hipótese simplista. Os leilões como são feitos hoje embaralham as várias fontes de energia,” afirma José Goldemberg. Para Adriano Pires, o atual modelo de leilões acaba inviabilizando muitos projetos que poderiam ser interessantes para o país: “Não é realista uma fonte de energia eólica competir com gás, com biomassa ou PCH (Pequenas Centrais Hidrelétricas). Não é realista fazer um leilão que mistura Nordeste, Norte, Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Isso é o que a gente precisa discutir de maneira sensata.”

 

O Brasil possui uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo, com mais de 45% de toda a energia utilizada no País gerada a partir de fontes renováveis. Isso pode ser comprometido pela ausência de uma política energética mais eficaz por parte do governo, algo que pode, além de retardar a expansão da oferta, “sujar” a matriz, pois a falta de planejamento poderá abrir espaço para térmicas fósseis com elevados índices de emissões de Gases de Efeito Estufa.

 

O novo filme não segue a linha das campanhas pró ou contra Belo Monte ou as usinas hidrelétricas na Amazônia. A ideia é apenas trazer a discussão sobre as políticas energéticas do governo brasileiro – ou a falta delas – à tona. “É muito prejudicial ficar numa situação de Fla x Flu quando o que a gente tem é uma situação de seleção brasileira. Nós temos o melhor de todos os times jogando junto,” define Mário Veiga, da Academia Brasileira de Ciências.

 

Para assistir o novo vídeo, visite o site www.bioeletricidade.com.br.

(Projeto Agora)

Cartas a Théo- Vincent Van Gogh

Cartas a Théo – Col. L&pm Pocket Bolso

Cartas a Théo – Col. L&pm Pocket Bolso
Autor: Van Gogh, Vicent
Editora: L&pm
Categoria: Literatura Estrangeira / Biografias e Memórias

Um livro emocionante e revelador, tanto pela sua obsessiva convicção de que era um artista, como pela paradoxal consciência da própria loucura. Nesta obra está a descrição das obras, a formulação do complexo e o avançado pensamento estético de Van Gogh.
…………………………………………………………………………………………………………..