Acústica- Tecnologia e Audição Humana

O toque celular que os mais velhos não conseguem ouvir

Frequências entre 18KHz e 20KHz só podem ser ouvidas pelos jovens. Entenda melhor

Nós somos
capazes de detectar ou não algumas frequências sonoras de acordo com a nossa
idade. Quanto mais velho você for, menor é a frequência que consegue ouvir.
Existe, inclusive, uma frequência específica que a maioria das pessoas com mais
de 25 anos não consegue captar. É um apito chatinho, incômodo. Algumas lojas
usam como “espanta-adolescente”, uma espécie de aborrecenticida.

Alguns adolescentes até estão usando esta frequência como ringtone. Dessa forma, eles podem atender o celular durante a aula
ou sem que os pais percebam. 

Faça o teste no link abaixo e confira a sua "capacidade" auditiva.

No link você também encontra a matéria original sobre o assunto, inclusive um vídeo explicando.


A audição, como outras capacidades humanas, é limitada. Conseguimos ouvir numa faixa de frequência específica, e além disso, conforme a idade vamos perdendo essa capacidade.

Essa perda gradual ocorre em partes devido a características próprias do ouvido humano, que com o tempo vai sendo "desgastado". A interação com o meio em que vivemos pode acelerar essa perda auditiva, como por exemplo o uso de fones de ouvido para escutar música em "alto volume", com o tempo pode causar danos ao ouvido e a perda auditiva pode ser acelerada…Pense nisso !

Os ruídos das grandes cidades (trânsito, barulho de máquinas etc) também podem intensificar essa perda auditiva. Quem trabalhar com máquinas barulhentas ou fica constantemente exposto a ruídos altos, deve utilizar protetores !

Controle o volume (intensidade) do som…e curta boas músicas !!!

Obs.: Altura – está ligada à frequência do som (grave, médio, agudo). Com o tempo vamos perdendo a capacidade de ouvir os agudos…

Volume (intensidade) – está ligado a intensidade das ondas sonoras.

Anúncios
por Prof Helma- Física Postado em Física